Em Audiências Públicas, ARSAE-MG apresenta propostas de melhoria para a Copanor

83

Criar condições para que a Copanor (Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais S/A) possa se reestruturar e fazer os investimentos necessários, esse é o principal objetivo da 2ª Revisão Tarifária Periódica que a Arsae-MG (Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais) está realizando para a empresa. O assunto foi debatido em quatro audiências públicas realizadas entre os dias 31/07 e 03/08 nas cidades de Diamantina, Araçuaí, Almenara e Teófilo Otoni, respectivamente. Os interessados ainda podem contribuir até o dia 11/08 pelo e-mail audienciapublica16@arsae.mg.gov.br.

Durante os eventos, foi apresentado o índice preliminar médio de 6,54% nas contas de água e esgoto que irá vigorar a partir do dia 01/10/17. Além disso, a Agência anunciou que as famílias de baixa renda, beneficiadas pela Tarifa Social, terão reduções nas contas. Outra novidade implantada pela Arsae-MG foi o repasse anual de R$ 40 milhões da Copasa para a Copanor que irá garantir recursos para investimentos como obras de manutenção e implantação de novos sistemas de água e esgoto.

Com as mudanças propostas, os usuários mais impactados serão aqueles que consomem 3m³ (três mil litros), são atendidos com água e esgoto tratado e não estão enquadrados na Tarifa Social. Essa parcela da população que antes pagava fatura de R$9,09 passará a pagar R$13,40, um aumento de R$4,31. Já os usuários beneficiados pela Tarifa Social na mesma faixa de consumo e com os mesmos serviços terão uma redução de R$0,15 nas faturas, com as contas passando de R$8,19 para R$8,04.

Leia mais aqui.