Essa semana a ABAR entrevistou o Sr. Reno Luiz Caramori, diretor da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina, uma das agências associadas anfitriãs do X Congresso Brasileiro de Regulação, que acontecerá em Florianópolis/SC nos dias 27, 28 e 29 de setembro deste ano.


ABAR: Sr. Reno, obrigado por essa entrevista. Como a ARESC se posiciona no atual cenário regulatório do nosso país?

Reno: Nosso trabalho é pautado em fiscalizar e regular os serviços concedidos das prestadoras de serviços no nosso estado, mantendo sempre o equilíbrio entre usuários, prestadoras e poder público. Isso significa zelar por tarifas justas, mantendo o equilíbrio econômico das prestadoras e exigir serviço público de qualidade para a população.

ABAR: Santa Catarina possui 4 agências reguladoras associadas à ABAR. Para a ARESC, o que representa a edição deste ano do X Congresso Brasileiro de Regulação e 4º ExpoAbar ocorrer em seu estado?

Reno: A ARESC terá a honra de ser agência reguladora anfitriã deste evento de tamanha magnitude. Significa muito para nós receber no nosso município esta Edição do X Congresso. É uma oportunidade para o encontro com dirigentes de agências reguladoras de todo o Brasil, concessionárias, usuários de serviços públicos, todos em prol do fortalecimento das atividades regulatórias no país. É a troca de experiências, de conhecimento e de ideias.

ABAR: Na sua opinião, além dos servidores de agências de regulação, quem deve participar do X Congresso ABAR?

Reno: Quando falamos em regulação, falamos do direito à garantia de serviço adequado para a população, da responsabilidade das prestadoras de serviços e dos poderes concedentes, da eficiência e transparências das agências reguladoras para a regulação, orientação e fiscalização nos serviços prestados. São muitos os envolvidos. O X Congresso Brasileiro de Regulação é  um evento propício não apenas para agências reguladoras e prestadores de serviços, mas também para representantes de entidades governamentais (tanto da esfera municipal como estadual e federal), empresas, e a sociedade em geral, pois trata-se de um evento que vai discutir temas de utilidade pública; de serviços que chegam à sociedade.

Com o mesmo entusiasmo que afirmamos nossa participação neste grande evento, convidamos a todos os representantes do ramo regulatório, prestadores de serviços, empresas, instituições e simpatizantes que não percam essa oportunidade em fazer parte do maior evento do setor regulatório do país.