Audiência Pública da AGEPAR discute segurança nas rodovias pedagiadas do Paraná

41

A Diretoria da Agepar e membros da equipe técnica participaram, na manhã do dia 04, de Audiência Pública realizada na Assembleia Legislativa do Paraná para discutir as condições de segurança nas estradas sob concessão do Estado. Como resultado prático do evento ficou definida a formação de uma frente parlamentar específica para tratar do assunto. Além dos membros da Agepar, se fizeram presentes representantes das concessionárias, de órgãos do poder público e das polícias rodoviárias federal e estadual.

Como medida prática para reduzir o número de acidentes nas estradas do anel de integração do Paraná, o diretor-presidente da Agepar, Cezar Augusto Silvestri, informou que, ainda no primeiro semestre de 2017, foi baixada uma resolução que prevê melhor sinalização da pista no caso de obras ou acidentes. A previsão é de que as concessionárias se adequem a todas às exigências da resolução até o final do mês de novembro.

De acordo com resolução da Agepar, a sinalização na pista por parte das concessionárias deve ocorrer a uma distância de 1.500 metros do acidente ou de eventuais obras ou barreiras no trecho. Além disso, a normativa prevê placas luminosas e a ronda de motocicletas com giroflex ligado em mil metros do final da fila nos casos de congestionamentos na rodovia. “Esta resolução pretende melhorar a prevenção de acidentes e informar os motoristas sobre intervenções na pista. Ou seja, há previsão de que em 2.500 metros o motorista tenha conhecimento de acidente ou de obras. Isso evita o engavetamento e futuras tragédias. No caso de descumprimento, as concessionárias poderão ser multadas ou autuadas”, afirmou Silvestri.

Para acessar a ilustração que detalha a Resolução da Agepar, acesse este link.