Arsal combate transporte clandestino em Delmiro Gouveia

433

Os mais de 100 mil usuários diários do Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Alagoas já perceberam que o Sistema passa por uma nova fase – a de reorganização para melhor servir a população. Em mais uma operação realizada na manhã desta quarta-feira, 31, em Delmiro Gouveia, pela Agência Reguladora do Estado (Arsal) em parceria com a Polícia Militar (PM/AL), dezenas de veículos foram abordados.

De acordo com o presidente do órgão, Ronaldo Medeiros, essa é uma demanda reprimida da população do sertão de Alagoas que tem utilizado a Ouvidoria da Agência para denunciar diversas irregularidades no transporte da localidade. “É muito importante a participação de todos os usuários nessas ações. É por meio de denúncias em nossa ouvidoria que chegamos a regiões ainda precárias de fiscalização. Estamos cada dia buscando novas parcerias para descentralização de pontos fixos, a exemplo do posto de Marechal Deodoro, inaugurado recentemente com intuito de coibir o transporte clandestino, e assim garantir segurança e qualidade para todos”, contou o presidente.

Ronaldo Medeiros ressaltou ainda que os veículos que atuam na atividade exclusiva do transportador complementar não passam por vistorias, não possuem a mínima condição para transportar, além de colocar em risco a vida de todos os que utilizam esse transporte não regulado pela Arsal.

Das 70 abordagens realizadas de forma educativa, nesta primeira etapa, 6 veículos clandestinos foram recolhidos até às 11h desta quarta.

Desde o começo da gestão, a fiscalização de Transporte vem sendo priorizada. As ações são rotineiras em todo Estado, em pontos fixos, e vêm sendo intensificadas em operações conjuntas com a PM.