Agência Francesa de Desenvolvimento e ABAR discutem parceria sobre Resíduos Sólidos

364
Imagem: ABAR

Em reunião realizada na manhã de hoje (7), na sede da ABAR, em Brasília/DF, os representantes da ABAR Silvio Diniz, Secretário Executivo, e Alceu Galvão, Especialista em Regulação da Agência Reguladora do Estado do Ceará – ARCE, receberam as representantes do Ministério do Planejamento Cristiane Barriston e Bartira Tardelli e os membros da comissão francesa Madrid Guillermo, Gerente de Projetos da Agence Française de Développement (AFD) Brasil, Carole Devidal, Economista Chefe de Projeto da Expertise France, Nastasia Pousse, Advogada e Gerente de Cooperação Internacional da Expertise France e Nicolas Bourlon, Consultor Internacional do Office Internacional de l’Eau.

Na pauta, a elaboração de um Termo de Referência, com prazo de execução de até 240 dias, tendo como resultantes, cinco produtos: Plano de Ação, Análise das Experiências Nacionais e Internacionais, Definição de Metodologias, Operacionalização da Regulação e Consolidação dos Estudos. Para tal, o apoio do governo francês na contratação de consultoria especializada francesa e/ou brasileira. Este Termo de Referência deverá subsidiar projeto de iniciativa do Governo Federal que visa promover profunda alteração no tratamento e destinação de resíduos sólidos nas cidades de nosso país.

Alceu Galvão, ARCE.
Imagem: ABAR

De acordo com Alceu Galvão, a reunião foi extremamente profícua, com uma discussão objetiva e consensual quanto aos elementos postos no Termo de Referência. “A ABAR e as agências reguladoras só tendem a ganhar com essa parceria, visto que o tema dos resíduos sólidos ainda é pouco conhecido e regulado no Brasil, diferente do cenário francês”, completou.