ABAR apresenta curso de Gestão de Processos

347

Com duração de dois dias, as aulas visam capacitar servidores das agências reguladoras

A Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) ofereceu curso de capacitação em Gestão de Processos, nos últimos dias 26 e 27. Dinâmicas, as aulas puderam ser acompanhadas nas modalidades presencial e online pelos servidores das agências reguladoras. A responsável pelo conteúdo foi a instrutora Isabela Tolentino, que ministrou seu conhecimento no auditório da sede da ABAR, em Brasília.

Segundo Isabela, o objetivo do curso era que os alunos pudessem, já na segunda-feira, colocar em prática os ensinamentos e estivessem aptos a começar projetos em cada instituição onde trabalham para melhoria de processos.  “O formato do curso é bem teórico-prático. A gente discute conteúdo da gestão de processos e em seguida já passamos para a parte de exercícios”, explicou Isabela.

Dentre as expertises que o curso pretende transmitir, destacam-se o conhecimento introdutório nos conceitos de Business Process Management (BPM) e na notação utlizada para elaboração de mapas de processos, o Business Process Managemet Notation (BPMN). As ferramentas abordadas permitem que os servidores capacitados estejam aptos a conduzir iniciativas de mapeamento e redesenho de processos em suas organizações. 

A diretora do Conselho Executivo do Conselho de Regulação da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal), Maria Eulália Moraes Moura, realizou o curso presencialmente e outros integrantes da agência alagoana acompanharam online. “Estamos interagindo na sala de aula e adquirindo conhecimento”, ressaltou a servidora. 

Após o primeiro deia de aula, Maria destacou que, imediatamente já tinha sinalizado muita produtividade e resultados práticos para o trabalho nos próximos dias. “Tenho certeza que será muito produtivo. É uma nova maneira de gestão aliada a que nós já temos, então, é mais um engate, um conhecimento”, diz. 

Sobre Isabela Tolentino

Isabela Toletino possui graduação em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (2014) e especialização em Gestão Estratégica de Processos de Negócio pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2016). 

Neste ano, a professora iniciou seu mestrado em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais e Especialista em Políticas Públicas e Gestão da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, respondendo pela Diretoria Central de Inovação da Ação Governamental. 

Isabela está à frente das seguintes competências: composição e coordenação da Rede institucional de parceiros para promoção da Inovação do Governo de Minas Gerais; composição e coordenação da Rede de Agentes de Simplificação do Governo de Minas Gerais; coordenação do Prêmio Inova Minas Gerais (valorização de ideias inovadoras propostas pelos servidores públicos); estruturação do Laboratório de Inovação; e disseminação de metodologias de inovação por meio da publicação em 2018 do Guia de Gestão de Processos e do Guia para Inovação na Gestão Pública.