Arbel fortalece os laços com usuários de serviços de saneamento

2

Com o objetivo de prestar esclarecimentos e orientar os usuários sobre seus direitos, a Agência Reguladora Municipal de Belém (ARBEL) esteve, na última semana, no bairro de Águas Negras, em Icoaraci, distrito da capital paraense. No local, as equipes técnicas e de ouvidoria da agência conversaram com moradores e orientaram sobre todo o processo para efetuar denúncia junto ao órgão.

A visita ao distrito faz parte do cronograma de ações da Arbel, que vem fiscalizando diariamente os serviços de saneamento básico da capital paraense. “É importante que o usuário saiba que a Arbel existe e que trabalhamos visando a melhoria da qualidade dos serviços prestados”, declarou o ouvidor da agência, Lauro Carvalho, enquanto acompanhava de perto a ação.

A presença da equipe técnica no local atraiu a atenção de moradores, que aproveitaram para relatar as principais ocorrências na área. “A água continua suja e amarelada, o que torna imprópria para consumo”, revelou a moradora Carla Souza, de 33 anos. “Aqui as pessoas compram água mineral, pois a das torneiras não serve para beber, sem falar que nem todo mundo tem condições de comprar garrafão de água todos os dias”, desabafou Carla.

Surpreso com a presença da equipe no distrito, o aposentado Sérgio Araújo, de 78 anos, relatou os problemas mais recorrentes no local. “Nossa maior queixa é com relação a qualidade da água que nos é fornecida nas torneiras”, contou o morador. “É sempre bom saber que temos um órgão a quem denunciar, caso a prestadora de serviços não resolva o problema”, completou.

A Arbel entidade regula os quatro eixos de saneamento básico, que são abastecimento de água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos e drenagem urbana.