AGR TB articula repasse de recursos para Saneamento

1

AGÊNCIA REGULADORA DE SANEAMENTO DE TUBARÃO – AGR TUBARÃO, entidade de natureza autárquica especial, integrante da administração pública indireta, responsável por regular, controlar e fiscalizar os serviços públicos de saneamento básico do município, trabalha de forma independente, com recursos próprios, oriundos da taxa de regulação paga pela concessionária, sem qualquer repasse feito pela prefeitura.

Quando sobra parte desta arrecadação em caixa, a regulamentação orçamentária do saldo financeiro do exercício anterior precisa ser aprovada pelo legislativo, por meio de suplementação, seguindo prerrogativa do Tribunal de Contas do Estado. Isso ocorreu em 20 de abril de 2020 na Câmara de Tubarão, quando foi aprovado projeto de lei que prevê a suplementação do superávit financeiro de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

Cumpre salientar que a suplementação aprovada, diz respeito à inclusão no orçamento da Agência de parte do saldo dos recursos desta, restantes dos anos anteriores, tendo como objetivo operacionalizar o trabalho desenvolvido pela mesma. Tal trâmite ocorre respeitando os dispositivos legais que regem a Administração pública, que preveem que saldos – no caso atual, da taxa de regulação paga pela concessionária – de exercícios anteriores, podem ser suplementados por meio de superávit financeiro.

Tal ação, já ocorre em anos anteriores, à exemplo do ano de 2017, quando fora acrescido ao orçamento da Agência, o saldo restante dos anos anteriores, totalizando R$ 265.239,71 (duzentos e sessenta e cinco mil, duzentos e trinta e nove reais e setenta e um centavos), por meio da Lei nº 4636/2017.

Ainda, concomitantemente, a Agência Reguladora de Saneamento de Tubarão articula repasse para a prefeitura dos recursos necessários para a realização da Revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico, obrigatório a cada quatro anos. O possível investimento é resultado de acordo firmado para uso de parte do superávit da agência em obras de estímulo ao desenvolvimento sustentável da cidade.

Em outro momento, dando continuidade as obras originadas da medida compensatória acordada entre PMT, AGR TB e Tubarão Saneamento, logoque prevê que os pagamentos de multas sejam revertidos em obras socioambientais, será executada pela Concessionária a construção de um deck que ligará as praças do Chafariz e Orlando Francalacci.

Destaca-se que as obras de revitalização das praças do Chafariz e Orlando Francalacci, a construção da praça da Figueira (anexa a ETE Figueira), o Sistema de Coleta e Tratamento de esgoto da Via João Fernandes no Bairro Gongonhas, são obras financiadas pelas multas emitidas pela AGR TB à Concessionária.

“Foi aprovado um projeto para que os recursos arrecadados com a regulação, até 2017, como multas emitidas, por exemplo, pudessem ser revertido em obras. Foi com esse recurso que foi construída a Praça Poliesportiva ao lado da Estação de Tratamento de Esgoto Figueira (ETE), na localidade de Morrinhos. E já temos aprovados outros projetos que beneficiarão a cidade”, destaca o Superintendente Geral da AGR, Pepê Collaço