ABAR promove curso de Análise do Resultado Regulatório

7
Curso

A interação, on-line, contou com participação de mais de 60 gestores e servidores das agências reguladoras de todo o Brasil.

Na última quinta-feira, (17/04), a Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) realizou o curso “Análise do Resultado Regulatório” em seu auditório, em Brasília. O curso foi transmitido via Internet devido ao decreto do Governo do Distrito Federal, como medida preventiva contra o COVID-19. Para o sucesso do evento, a ABAR disponibilizou uma equipe de tecnologia de informação para dar suporte durante toda a transmissão.

Os alunos, representantes das agências reguladoras, foram ministrados pelo consultor da EloGroup, Adriano Gomes que introduziu o assunto destacando a importância da análise do resultado regulatório, suas referências e principais fontes de inspiração. Logo depois, o instrutor levou os participantes a uma breve reflexão perguntando: “Por onde começar e quais as etapas da ARR?”

As respostas serviram para embasar o restante do conteúdo dividido em monitoramento, avaliação executiva, avaliação detalhada e os possíveis desfechos da ARR.  Adriano auxiliou os alunos a definir, junto à atores responsáveis, a sistemática de monitoramento da implementação e as rotinas e os indicadores, ensinou também a como realizar atividades rotineiras pré-definidas para atualização de indicadores elaborados juntamente com a sistemática de monitoramento ou na elaboração do instrumento. No tema avaliação executiva e detalhada, ele realizou a avaliação do resultado de um instrumento, utilizando critérios de elaboração, implementação, resultado, impacto, economia e eficiência, sugerindo qual a melhor intervenção para cada item avaliado.

Por fim, o consultor da EloGroup, expôs os possíveis desfechos da ARR e sua contribuição para as demais fases do processo regulatório.  Segundo ele, o curso alcançou seu propósito de munir as agências com instrumentos para realizar uma análise mais simples e eficaz de resultados regulatórios. “Através desse seminário, o servidor conheceu instrumentos, ferramentas e modelos que podem ser implementados nas agências para avaliar o resultado regulatório da melhor forma e gerar melhores normas e resultados para a sociedade”, destaca Adriano.