Arsal-AL: Transportes públicos intermunicipais estão suspensos até 20 de abril

1

Medida está sendo eficiente no combate ao avanço do novo coronavírus em Alagoas

O Governo de Alagoas segue firme com as estratégias para minimizar o índice de contaminação pelo Covid-19 entre os alagoanos. E os esforços em conjunto têm surtido efeitos positivos, AL é o 1º Estado do Nordeste com o menor número de mortes e 2º com o menor número de pessoas infectadas, de acordo com dados divulgados pelas secretarias de saúde a nível nacional, atualizados na última quarta-feira (8). E no que compete à Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal), às fiscalizações do tráfego intermunicipal permanecem coibindo qualquer veículo que descumpra o decreto — de Nº 69.624, de 06 de abril de 2020 — que preserva vidas, e tem validade até o dia 20 de abril.  Somente os que transportam trabalhadores dos serviços essenciais estão liberados nas blitzes sanitárias e educativas, realizadas em pontos fixos e volantes em toda Alagoas.

Os veículos que realizam o transporte intermunicipal — entre os municípios —, já estavam suspensos desde o dia 21 de março. E, no período, nenhum transporte autorizado pela Arsal, complementar ou convencional, foi flagrado cometendo a irregularidade.

Ronaldo Medeiros, diretor-presidente da Arsal, garante à sociedade alagoana que a Agência libera profissionais dos serviços básicos, bem como pessoas que necessitem de atendimento de saúde. E fez questão de deixar um recado especial aos motoristas e cobradores do Sistema Intermunicipal de Passageiros.

“Nós agradecemos aos permissionários, esses trabalhadores têm dado um grande exemplo de compreensão neste momento tão difícil. Todas as pessoas no planeta estão sendo atingidas por diversas dificuldades ocasionadas pelo coronavírus, e aqui a gente vê que esses profissionais estão parados e sensíveis a esta situação. A vocês eu gostaria de dar o meu muito obrigado. Tenho certeza que na retomada nós iremos retribuir esta compreensão neste momento tão difícil. Contem conosco”, enfatizou Ronaldo Medeiros.

Uma grande força-tarefa está montada para barrar e autuar os veículos que fazem o transporte ilegal, que tem sido uma crescente neste momento em que a sociedade tanto precisa se conscientizar e fazer, também, a sua parte. Diariamente dezenas são flagrados nas blitzes espalhadas por todo o Estado. Estão atuando em conjunto com a Arsal o BPRv, BPTran, PRF, SMTT e a Guarda Municipal de Maceió.