Orientações da ABAR sobre medidas contra a Covid-19

16

A Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) alerta seus associados e demais profissionais do setor de regulação sobre a necessidade de adotar medidas contra a Covid-19.

As recomendações são necessárias para garantir a saúde e segurança dos trabalhadores que atuam nos serviços de saneamento básico, energia, gás e transporte buscando assegurar o abastecimento dos recursos essenciais no Brasil.

O Ministério da Saúde declarou, nesta sexta-feira (20), o reconhecimento da transmissão comunitária do Covid-19 em todo o território nacional. A declaração é um comando do Ministério da Saúde para que todos os gestores nacionais adotem medidas para promover o distanciamento social e evitar aglomerações, conhecidas como medidas não farmacológicas, ou seja, que não envolvem o uso de medicamentos ou vacinas.

Para tanto, é necessário:

Afastar os profissionais que apresentem qualquer sintoma da doença ou que tenham retornado de viagem ao exterior;

Avaliar a possibilidade de teletrabalho, principalmente para os servidores do grupo de risco;

Evitar reuniões presenciais;
Ampliar a distância entre as ilhas de trabalho dos servidores que não podem realizar teletrabalho para evitar o contato físico;

Manter portas e janelas abertas para promover a ventilação do ambiente. Nos veículos é importante rodar com os vidros abertos em substituição ao ar condicionado;

Disponibilizar álcool em gel aos servidores;

Ampliar a limpeza de banheiros e espaços comuns em todos os setores. A limpeza deve ter atenção especial para locais como maçanetas, telefones, teclado de computadores, mouses, corrimãos, e interruptores de luz;

Suspender as viagens de servidores a congressos, cursos, treinamentos e demais atividades com a concentração de pessoas;

Apoiar aos prestadores de serviço nas medidas que estão sendo tomadas visando garantir a operação do serviço em todos os estados em que atuam, tendo em vista assegurar aos consumidores a continuidade e adequação do serviço prestado, considerando as dificuldades no pagamento das contas.

Evitem a disseminação de fake news, as informações oficiais são divulgadas diariamente em coletivas realizadas pelo Ministério da Saúde, às 16h, que podem ser acompanhadas em http://plataforma.saude.gov.br, http://saude.gov.br ou por canais de Comunicação como TV, rádio e sites confiáveis;

Faça a sua parte e colabore com a segurança de todos!