CISAB Região Central realiza primeira assembleia geral ordinária de 2018

520

Nesta quinta-feira, 28, o Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Região Central de Minas Gerais – CISAB-RC – realizou a 1ª Assembleia Geral Ordinária de 2018. Em pauta, a contratação de dois novos analistas e a alteração do Protocolo de Intenções, documento que norteia as atividades do CISAB-RC.

O diretor geral do CISAB-RC, sr. Ananias Ribeiro de Castro, apresentou a evolução do Consórcio nos primeiros quatro anos de atividades, a serem completadas no próximo dia 15 de julho, o crescimento de vários números do dia-a-dia, entre eles, resoluções, consultas públicas, reuniões com conselhos municipais de saneamento básico, entre outros. Destaca-se o crescimento da população atendida, de algo em torno de 270 mil, para cerca de 1 milhão de habitantes. Foram apresentados também os movimentos recentes como, contratação, por processo seletivo, de dois analistas – um economista e uma engenheira – e um assistente administrativo, implantação de sistema de gestão de ouvidoria e ingresso na Associação Brasileira de Agências de Regulação – ABAR –, em 26 de abril último.

Dando continuidade, o diretor geral, sr. Ananias de Castro, apontou os desafios do CISAB Região Central: promover a eficiência, através da redução de custos, perdas e melhoria na qualidade dos serviços; ampliar investimentos e definir tarifas cada vez mais realistas. Entre os resultados já alcançados, foram elencados maior organização e qualidade das informações, ampliação de investimentos com recursos tarifários, melhoria do relacionamento com o cliente e modernização dos regulamentos de serviços.

O presidente da Assembleia e prefeito de Carmópolis de Minas, sr. Geraldo Antônio da Silva, destacou o crescimento e a qualidade dos serviços e acrescentou: acredito na continuidade dessa evolução.

Em seguida, passou-se à votação dos itens da pauta, com a apresentação e justificativa para a contratação de novos analistas e alteração no Protocolo de Intenções, sendo mostrados pela procuradora jurídica do CISAB Região Central, dr.ª Carolina Rodrigues, os pontos principais das mudanças. De acordo com o diretor geral, sr. Ananias de Castro, as ações de fiscalização, com a demanda de tempo e de recursos humanos, justificam as novas contratações. Quanto à alteração no protocolo de intenções, segundo Castro, visa-se redefinir a finalidade e objetivos para continuar atendendo às demandas dos municípios. Os dois itens foram colocados em votação pela presidência da Assembleia e aprovados por unanimidade.