AGEMAN: Manaus Ambiental terá que acompanhar Plano de Obras de Verão da Prefeitura

365

Para evitar que a concessionária Manaus Ambiental faça intervenções em áreas que já foram beneficiadas pela Prefeitura de Manaus e, dessa forma, evitar desperdícios e outros problemas técnicos, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) solicitou que a empresa acompanhe a execução do Plano de Obras de Verão do município, que iniciou neste mês de junho na capital.

“Encaminhamos a íntegra do Plano de Obras de Verão da Prefeitura para a concessionária Manaus Ambiental fazer o planejamento seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, justamente para não haver problemas entre obras das concessionárias e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Queremos evitar, por exemplo, que o Plano de Verão entre em uma determinada rua em que há um problema de abastecimento ou de adutora e aí a concessionária rasgue uma avenida que já foi bem asfaltada pela Prefeitura, então isso não pode acontecer”, explicou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho.

Com previsão de investimento de R$ 320 milhões, em recursos próprios, o Plano de Obras de Verão, da Prefeitura de Manaus, está com ações em diversos bairros e comunidades com serviços de recapeamento, tapa-buracos, recuperação de meios-fios, sarjetas e outras melhorias em infraestrutura viária.

A meta é alcançar 10 mil ruas em todas as zonas da cidade, aproximadamente duas mil a cada mês. Além do asfalto, o Plano de Verão também prevê a modernização, quando necessário, com instalação de iluminação a LED; recuperação de canteiros centrais, limpeza, desobstrução de bueiros e serviços de drenagem profunda e superficial, além da recuperação de pontes.