Ancine: Lei da TV paga ampliou produção audiovisual independente no país

573

Após a publicação da Lei 12.485/2011, conhecida como Lei da TV Paga, o mercado de audiovisual foi incrementado em todo o Brasil, chegando a 5.759 produtoras independentes no país em 2016. Os dados do setor foram apresentados hoje (11) pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), que mostrou, pela primeira vez, os detalhes de como funciona o Sistema de Monitoramento da TV Paga, implantado em 2014. Pela lei, todos os canais devem veicular um mínimo de 3h30 de conteúdo brasileiro semanalmente em horário nobre, sendo metade de produtora independente.

Segundo a Ancine, em 2015, foram registradas 3.284 horas de obras inéditas brasileiras independentes, sendo 75% de obras seriadas e 14% de longas-metragens, sendo 40% de variedades e 32% de documentários. O menor percentual é de animação (3%). Em 2016, o número caiu um pouco, para 3.007 horas, com 68% de obras seriadas e 19% de longas-metragens, sendo 32% de variedades, 37% de documentários e 2% de animações.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/cultura/noticia/2017-05/ancine-lei-da-tv-paga-ampliou-producao-audiovisual-independente-no-pais