Representantes de 12 países discutem monitoramento de qualidade de água na América Latina e Caribe

617

Participantes debatem monitoramento de qualidade de água em workshop apoiado por ANA

Entre 24 e 26 de janeiro, Brasília sediou o Workshop Regional do Programa GEMS/Water, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA). Durante o encontro, representantes de 12 países das Américas e do Caribe discutiram os desafios e as perspectivas de cooperação entre as nações para implementação e gestão de redes de monitoramento de qualidade de água.

Participaram do evento representantes do Centro de Capacitação do Programa GEMS/Water (Irlanda) e do Centro de Dados GEMStat (Alemanha), além de especialistas do Brasil, Argentina, Belize, Bolívia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Jamaica, México, Panamá, Peru e Uruguai. Durante o Workshop Regional, os participantes discutiram a demanda de monitoramento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6.3, que é: “Até 2030, melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos, reduzindo à metade a proporção de águas residuais não tratadas e aumentando substancialmente a reciclagem e reutilização segura globalmente.”.

No primeiro dia do evento, representantes de cada país contextualizaram a situação do monitoramento da qualidade da água em cada nação participante do Workshop. No segundo dia, representantes do PNUMA e da ANA apresentaram abordagens sobre o monitoramento de qualidade de água, a importância de uma rede de monitoramento para a gestão da qualidade da água e o papel da produção de informações com qualidade para a gestão de recursos hídricos. Também foram discutidos o manejo, a interpretação e a apresentação de dados; o ODS 6.3; e os desafios e oportunidades para o monitoramento de qualidade da água na América Latina e no Caribe.

No encerramento do evento, o foco foi o desenvolvimento de ações de capacitação para o monitoramento da qualidade de água na América Latina e no Caribe para permitir o acompanhamento do ODS 6.3.

O Programa GEMS/Water foi estabelecido em 1978 para coletar dados globais para os informes da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a condição atual e a tendência da qualidade da água doce no planeta. Com a cooperação dos países participantes, o programa criou uma rede global de monitoramento de qualidade de água que gera dados para uma base internacional chamada GEMStat.

 

Fonte: ANA