Arcon e Prefeitura de Castanhal discutem estratégias para o transporte de passageiros

688

A diretoria da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA) recebeu, na última semana, representantes da Prefeitura e Secretaria Municipal de Trânsito de Castanhal para tratar do ordenamento do transporte de passageiros dentro do município. Esta foi a primeira reunião do atual prefeito, Pedro Coelho Filho, com a diretoria da Arcon-PA.

Na ocasião, a equipe do município se apresentou e foram expostos os problemas observados pelo secretário de trânsito, Elder Ribeiro. Entre eles, a utilização de paradas irregulares para embarque e desembarque de passageiros e a não utilização do Terminal Rodoviário do município, até mesmo por veículos regularizados.

O diretor geral da Agência, Bruno Guedes, sugeriu que, para que a fiscalização seja mais intensa e constante, seria conveniente assinar um convênio de cooperação técnica entre Arcon e o município para que os agentes de trânsito locais possam agir também como fiscais do transporte intermunicipal. “Já existem convênios como este da Agência com outros municípios”, explicou o diretor. Ele reforçou que o encontro serviu também para alinhar com o município de Castanhal a necessidade diária de combater o transporte clandestino de passageiros.

A gerente do Grupo Técnico de Transporte Terrestre da Arcon (GTT), Marta Sales, esclareceu sobre o processo de homologação de pontos de embarque e desembarque de passageiros, que ordenaria o trânsito na região e traria mais segurança para os usuários. “Esses pontos não substituirão o Terminal Rodoviário, que segue sendo o local mais indicado para o embarque e desembarque, pois garante que direitos como gratuidade e meia-passagem sejam plenamente respeitados e fiscalizados”, ratificou Marta.

Ações integradas serão posteriormente realizadas para que o transporte de passageiros seja otimizado na região. Segundo o diretor de Normatização e Fiscalização da Arcon, Karim Zaidan, “algumas intervenções são necessárias e urgentes no que se refere ao sistema de transporte intermunicipal em Castanhal, e a melhor maneira de buscarmos soluções é esse diálogo envolvendo o poder executivo municipal”.

O Procurador Jurídico do Município de Castanhal, Marcelo Pereira, frisou que a administração do prefeito Pedro Coelho em Castanhal visa semear uma nova prática de gestão política, com estímulos a novos hábitos e comportamentos que se revelem em responsabilidade, ética e transparência.

Fonte: Arcon