Começa hoje racionamento de água no Distrito Fedral

1168

Na quinta-feira passada a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) anunciou o racionamento de água no DF. Devido a Barragem do Descoberto ter chegado a 18,94%, o menor índice da sua história, o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu por realizar o racionamento. O volume da última quarta-feira foi o mais baixo dos últimos tempos (19,2%) e na segunda-feira (9/1) foi registrada a terceira mais alta temperatura do DF nos primeiros 10 dias de janeiro desde 1969.

A Barragem do Descoberto, com volume de água mais baixo da sua história

O racionamento no DF consiste em ciclo de um dia sem abastecimento (a partir das 8 horas), seguido de dois dias para religar e estabilizar o sistema, e três de situação normalizada. Estima-se que cerca de 1,8 milhão de pessoas serão atingidas pela medida.

As primeiras cidades atingidas pelo racionamento vão ser Ceilândia, Recanto das Emas e Riacho Fundo II, começando a partir de hoje (16). Ao todo, as cidades afetadas pela medida são: Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Park Way, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Riacho Fundo II, Santa Maria, Samambaia, Taguatinga e Vicente Pires. A região do Plano Piloto foi excluída do racionamento.

A preocupação com o baixo volume deve-se ao fato de o reservatório abastecer 65% da população da capital do país. As chuvas de novembro, dezembro e início de janeiro não foram suficientes para reabastecer o reservatório, pois resultaram em menos do que o esperado e o calor agravou a escassez.

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa) fez recomendações para a população do DF afetada pelo racionamento, para otimizar a economia de água e reduzir desperdícios e riscos. Dentre as sugestões, recomenda-se não estocar água em casa, haja vista que a água do reservatório é suficiente durante os dias de racionamento, se usada com consciência. Além disso, estoques podem aumentar o risco de dengue, devido à agua parada.

Também se lembra de não deixar a torneira pingando (o que leva a um desperdício de cerca de 48 litros por dia), tomar banhos de até cinco minutos (o que equivale a 30 litros de água), manter a piscina de casa vazia, trocar a mangueira pela vassoura na limpeza de calçadas e por balde, se for necessário lavar o carro.

 

Confira abaixo o cronograma de racionamento nas cidades atingidas:

16 de janeiro (segunda-feira)

Interrupção: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II

17 de janeiro (terça-feira)

Interrupção: Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK e Residencial Santa Maria

Religação e estabilização: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II

18 de janeiro (quarta-feira)

Interrupção: Gama

Religação e estabilização: Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK, Residencial Santa Maria, Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II

19 de janeiro (quinta-feira)

Interrupção: Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste e Samambaia

Religação e estabilização: Gama, Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK e Residencial Santa Maria

20 de janeiro (sexta-feira)

Interrupção: Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal e Riacho Fundo I

Religação e estabilização: Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste, Samambaia e Gama

21 de janeiro (sábado)

Interrupção: Águas Claras (zona alta), Concessionárias e Taguatinga Norte

Religação e estabilização: Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal, Riacho Fundo I, Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste e Samambaia

22 de janeiro (domingo)

Interrupção: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II

Religação e estabilização: Águas Claras (zona alta), Concessionárias, Taguatinga Norte, Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal e Riacho Fundo I.

 

O governo de Brasília ainda não estabeleceu uma data final para o regime de racionamento.